27 Sep 2020


Madeira é um dos destinos mais seguros para visitar na Europa

Publicado em Turismo
Avalie este item
(0 votos)

Após um mês da abertura ao turismo internacional, o Arquipélago da Madeira continua a ser um dos destinos mais seguros da Europa e registra apenas nove casos ativos de Covid-19. No entanto, como medida de prevenção diante do aumento do fluxo de voos para a região portuguesa, tornou-se obrigatório, desde o dia 1º de agosto, o uso de máscaras em espaços públicos.

O governo local garante que o acessório de segurança não é necessário nas ocasiões em que o distanciamento social seja respeitado, como em atividades esportivas, passeios de natureza, visitas às praias e complexos balneares, por exemplo, ou em situações específicas, como para crianças de até 10 anos.

Desde o início da pandemia, a prioridade do Governo Regional da Madeira sempre foi garantir o bem-estar e a proteção dos residentes e dos turistas que visitam o destino, com forte consenso e articulação entre os órgãos de turismo e saúde, e o próprio setor do turismo, diante da difícil situação de crise internacional.

O anúncio sobre a regra de utilização de máscaras em espaços públicos foi acompanhado de uma quantidade de medidas de exceção que visam não comprometer o conforto e usufruto dos ambientes ao ar livre pelos turistas e pelos madeirenses, em situações de atividade física e lazer. Desta forma, estão excluídas da obrigatoriedade da utilização de máscaras:

- crianças de até 10 anos;

- pessoas com deficiência;

- prática de esportes;

- praias, áreas e complexos balneares e acessos ao mar, com exceção das instalações sanitárias onde é onde é obrigatório o uso de máscara;

- prática de atividade física e/ou lazer que envolva a realização de esforço físico;

- atividades lúdico-esportivas em espaço florestal e percursos pedestres recomendados.

Por isso, a prática da maioria das atividades de lazer que exigem algum tipo de esforço físico são tidas como exceções à regra de uso de máscara, desde que se mantenha o distanciamento social. Ou seja, grande parte das atividades de animação turística e de puro lazer como os passeios a pé nas levadas, idas à praia ou piscina e complexos balneares, bem como a prática de esportes como a corrida, surfe, golfe, entre muitos outros, são situações em que locais e visitantes poderão continuar a desfrutar ao ar livre, como já vêm fazendo.

“A segurança de visitantes e cidadãos está no topo das nossas prioridades e, por isso, é imprescindível manter o número de casos reduzidos, mas também a liberdade de viver e desfrutar as nossas ilhas da Madeira e Porto Santo. Esse esforço em conjunto político e de cidadania exemplar tem garantido o excepcional controle da pandemia em nosso destino, além de permitir desfrutar da oferta turística da região com segurança”, afirma Nuno Vale, diretor executivo da Associação de Promoção da Madeira.

Mais uma vez, a prevenção esteve na base dessa medida, tendo em conta o aumento de voos e chegadas à região. A Madeira continua a ser um dos destinos mais seguros da Europa para viajar e pretende manter esta segurança. O controle da pandemia se fez eficaz mesmo antes da reabertura do setor ao turismo internacional, época em que contava com 90 casos. Após a abertura das fronteiras em 1º de julho, o destino chegou aos 106 casos no total, dos quais apenas nove seguem ativos.

Além disso, a Madeira foi um dos primeiros destinos europeus a dispor de um manual de boas práticas para lidar com a Covid-19 e um dos únicos mundiais a avançar com a certificação sanitária de todo o destino, a qual se encontra já em processo de auditorias.

É possível destacar outras medidas que fazem parte desta política de prevenção, como a implementação do sistema de controle no desembarque nas ilhas, que oferece a realização de testes gratuitos no aeroporto e em clínicas associadas no continente. A preocupação em humanizar e tornar agradável a chegada à Madeira e Porto Santo foi desde o princípio um empenho do governo local, transformando a recepção no aeroporto na primeira boa experiência turística.

“Os passageiros têm reagido de maneira positiva com todo o processo de chegada às ilhas. O bem acolher é parte da cultura do nosso povo, com uma história de quase dois séculos de atividade turística, e continua a ser um dos grandes trunfos da Madeira”, comemora Vale. “Os excelentes exemplos de cidadania têm sido incontáveis e o sentimento de bem-estar, conforto e de liberdade, baseados neste esforço em conjunto para a segurança, são o melhor cartão de visita que a Madeira e Porto Santo têm para oferecer aos seus visitantes”, finaliza.

Folha Do ABC

A FOLHA DO ABC traz o melhor conteúdo noticioso, sempre colocando o ABC em 1º lugar. É o jornal de maior credibilidade da região
Nossa publicação traz uma cobertura completa de tudo o que acontece na região do ABCDM.

Visite-nos no Facebook

Main Menu

Main Menu