22 May 2018

Irresistível durante o verão, graças ao seu efeito refrescante, o sorvete não costuma ser consumido em estações de temperaturas mais baixas em países com clima tropical, diferente dos países da Europa, por exemplo, em que o sorvete é um dos alimentos mais consumidos o ano todo. Por este motivo, a Perfetto Sorvetes, quinta maior indústria de sorvetes do País, criou uma excelente opção para quem não abre a mão de degustar um sorvete a qualquer hora e época: o lançamento Recheatto. Vale ressaltar que a novidade estará disponível o ano todo no mercado.

A inovação suaviza a sensação de gelado do creme do sorvete, ao envolvê-lo com um biscoito crocante importado com exclusividade da Itália, coberto com chocolate feito na própria Perfetto. Desta forma, o produto deixa de ser um sorvete como os outros do mercado e se transforma em um novo conceito gourmet, o de um sanduíche de sorvete.

"Tudo isso foi pensado especialmente pela Perfetto Sorvetes para reduzir a sensação de frio quando se consome este tipo de alimento, o que o torna mais atraente para esta e todas as estações do ano", ressalta Telma Dalcin, diretora de marketing da marca.

Acaba de chegar ao mercado um novo antibiótico para o tratamento de pacientes com infecções causadas por algumas bactérias resistentes entre elas, a Pseudomonas aeruginosa, considerada uma das três mais perigosas, segundo alerta da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Desenvolvido pela farmacêutica MSD, ceftolozana-tazobactam, comercialmente conhecido como Zerbaxa, é indicado para uso hospitalar e foi aprovado no Brasil pela ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) no início do ano para tratar pacientes com infecções intra-abdominais complicadas e infecções do trato urinário complicadas.

De acordo com estudos clínicos, o novo antibiótico demonstrou 87% de eficácia no tratamento de infecções bacterianas intra-abdominais complicadas, quando comparado ao tratamento padrão com meropeném - eficácia de 83%, antibiótico de referência para o tratamento de bactérias resistentes.  Já para tratamento das infecções do trato urinário causadas por Pseudomonas aeruginosa, os números são ainda mais expressivos e a nova terapia demonstrou eficácia de 75%, quando comparada ao levofloxacino (eficácia de 47%), até então, um dos tratamentos contra esta infecção[1].

Mas superbactérias existem mesmo?

Resistência bacteriana é um assunto que vem sendo discutido mundialmente. Estima-se que 700 mil pessoas morram anualmente em todo o mundo devido ao fenômeno. Dados divulgados recentemente revelam que, se nada for feito, até 2050 as infecções por bactérias multirresistentes poderão matar 10 milhões de pessoas no mundo por ano, impacto maior que a mortalidade por câncer.

“Hoje em dia, ainda há uso de antibióticos de forma indiscriminada na medicina e veterinária, além da pecuária e agricultura. Isso resulta em uma importante pressão seletiva de bactérias. Ceftolozana-tazobactam é uma arma importante que está chegando ao mercado para auxiliar os médicos nessa luta, pois ainda perdemos pacientes com infecções por bactérias multirresistentes”, explica a Dra. Lessandra Michelin, infectologista na Universidade de Caxias do Sul, mestre e doutora em Biotecnologia e Vacinologia pela Université de Genève.

No Brasil, dados da Anvisa apontam que cerca de 25% das infecções registradas no país são causadas por micro-organismos multirresistentes[3] – aqueles que se tornam imunes à ação dos antibióticos.

Quando se fala somente em P. aeruginosa, até 40% dos casos detectados no país apresentam resistência aos carbapenêmicos, como o meropeném, que é o antibiótico mais usado para tratar infecções graves. “Ceftolozana-tazobactam será importante no tratamento do que chamamos bactérias Gram-negativas, principalmente pseudomonas, que são resistentes a vários antibióticos”, destaca a Dra. Lessandra Michelan.

Sem antibióticos eficientes contra superbactérias, muitos procedimentos médicos, como cirurgias e quimioterapia para pacientes com câncer, por exemplo, poderiam  ser suspensos ou postergados. “Nós utilizamos antibióticos em complicações infecciosas de diversos procedimentos hospitalares, o que possibilitou inúmeros avanços em várias áreas da saúde, incluindo os transplantes, por exemplo. Se as bactérias se tornarem resistentes aos antibióticos que temos disponíveis hoje, poderemos voltar à era pré-antibióticos, onde um simples ferimento infectado poderá causar graves danos”, alerta o Dr. Clóvis Arns, infectologista e professor da Universidade Federal do Paraná (UFPR).  

O romance está no ar com a aproximação do Dia dos Namorados, e o Centro de Portugal tem se firmado com um destino bastante procurado por casais. Há muitos lugares românticos espalhados por suas vilas e cidades, com paisagens lindíssimas, excelentes restaurantes e hotéis com charme e conforto singular.

Para ajudar a montar o seu roteiro para lua de mel, bodas ou mesmo uma escapadinha a dois para celebrar um momento especial, indicamos aqui alguns destinos que vão surpreender, já que lugares românticos no Centro de Portugal realmente não faltam.

Passeio de Moliceiro em Aveiro

Aveiro é conhecida como a “Veneza Portuguesa” por ser cortada por canais, as chamadas rias. Mas não são as gôndolas que circulam pela cidade, e sim barcos conhecidos como moliceiros.

Percorrer os canais urbanos a bordo de um moliceiro, em especial no final da tarde, quando o sol se põe, promete ser uma lembrança incrível da viagem, além de garantir fotos lindíssimas. É um passeio tomado pelo clima romântico.

Hotel Luz Houses em Fátima

O Luz Houses já se destaca na entrada: um portão que forma um coração escrito ‘luz’ dá as boas-vindas aos visitantes. Abrindo o portão, a mágica acontece. Lá dentro, um hotel boutique super aconchegante é o refúgio ideal para quem busca sossego na sua hospedagem em Fátima, na região do Centro de Portugal.

Inspirado na arquitetura das aldeias tradicionais do século 19 e início do século 20, o hotel é fruto da paixão de seus proprietários pelo design. O resultado é uma atmosfera em que tudo é pensado com extremo cuidado e os hóspedes tratados com muito carinho.

Roteiro de Pedro e Inês em Coimbra

O romance mais marcante da história de Portugal aconteceu no século 14. A lenda de Pedro e Inês é conhecida até hoje como o conto de “Romeu e Julieta” lusitano – com a diferença que os protagonistas desse trágico relato realmente existiram. Atualmente, os lugares onde aconteceram os principais fatos da história tornaram-se pontos turísticos muito procurados.

A Fonte das Lágrimas, a Fonte dos Amores e o Mosteiro de Alcobaça são paradas obrigatórias para aqueles casais que querem conhecer um pouco da história de amor que ecoa até os dias de hoje em Portugal.

Rotas do Vinho

Quem não gosta de degustar um bom vinho com a sua alma gêmea? Com cenários inesquecíveis e patrimônio histórico sem igual, o Centro de Portugal oferece experiências exclusivas para os amantes dos vinhos. Aventure-se pelos roteiros vinícolas na Rota da Vinha e do Vinho do Oeste, a Bairrada ou a famosa região do Dão, onde se produzem vinhos desde o século 12, realizando uma genuína experiência portuguesa.

Sobre o Centro de Portugal

A mais charmosa região portuguesa é cheia de destinos populares: Aveiro, Coimbra, Viseu, Nazaré, Óbidos, Tomar, Fátima e tantos outros. Suas belezas se estendem por todo o território - ocupado por 2,3 milhões de habitantes que têm o dom de bem receber. O Centro de Portugal possui inúmeros patrimônios da UNESCO, um litoral que é um paraíso do surfe, aldeias históricas, gastronomia riquíssima, vinhos inesquecíveis, natureza exuberante e muita cultura, que se somam a incontáveis motivos para uma visita. A principal cidade, Coimbra, está a apenas 200 quilômetros de Lisboa e a 135 quilômetros do Porto. Para mais informações, visite www.centerofportugal.com.

A unidade de Polipropileno (PP 4) da Braskem celebra, este mês, o sucesso e as conquistas de 40 anos de operação. Instalada no Polo Petroquímico do ABC, a mais tradicional região industrial de São Paulo, a fábrica, inaugurada em 1972, foi a pioneira no desenvolvimento da indústria química brasileira.

Com cerca de 300 colaboradores, entre diretos e indiretos, a planta contribui significativamente para a economia e o desenvolvimento social da região. Mesmo sendo uma das plantas mais antigas de polipropileno do Brasil, a PP 4 opera com tecnologia de ponta e possui a maior capacidade de produção deste polímero dentre todas as unidades da Braskem, tanto no Brasil quanto no mundo, com capacidade produtiva de 450 mil toneladas por ano. Além disso, a unidade também se destaca pela diversificação ao produzir homopolímeros, copolímeros randômicos e heterofásicos, que são diferentes tipos de polipropileno capazes de atender as indústrias automobilística, têxtil e farmacêutica, entre outras.

Entre os integrantes mais antigos da unidade está José Carlos Pereira. O técnico especialista de produção nasceu em Santo André e conta que sempre sonhou em trabalhar no Polo Petroquímico da região. O desejo se concretizou em 1987, quando se tornou operador da unidade após concluir o curso de Formação de Operadores do Senai. “A PP 4 foi a primeira planta de Polipropileno da América Latina e sua contribuição para o desenvolvimento da indústria brasileira é inegável. Participei de grandes momentos desta história como a partida da nova planta em 2003, buscando aprimorar sua tecnologia”, explica.

Além disso, há 31 anos trabalhando nesta unidade da Braskem, Pereira conta que se sente realizado ao observar a contribuição de seu trabalho para diversos produtos que facilitam a vida das pessoas. “O plástico está presente no nosso dia a dia. Enxergo a importância da nossa produção ao ver sua aplicação em carros, embalagens, roupas, calçados, embalagens para uso hospitalar, entre tantos outros produtos que usamos a todo tempo”, pontua.

Ao longo desses anos a operação tornou-se cada vez mais sustentável, o que contribui para o desenvolvimento da unidade por meio de soluções customizadas para máxima redução de impacto ambiental. A fábrica opera com água de reuso industrial fornecida pelo Aquapolo, projeto fruto da parceria entre a BRK Ambiental e a SABESP (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo), além de reutilizar internamente o efluente doméstico e industrial.

“A PP 4 oferece grandes diferenciais operacionais para a Braskem, seja por sua alta capacidade produtiva como pela sua localização privilegiada no centro do maior mercado consumidor do Brasil. Ficamos orgulhosos e satisfeitos em operar com tecnologia avançada uma fábrica com uma história tão importante, que continua fazendo a diferença para o setor e contribuindo para a indústria nacional”, afirma Maurício Britto, responsável pela PP 4 na Braskem.

O vereador Ubiratan Figueiredo da ONG (PR) solicitou à Prefeitura de São Caetano estudos para a instalação de bebedouros para animais nas praças públicas e áreas de grande movimentação da cidade. Os bebedouros atenderiam à animais de rua e àqueles em momentos de lazer e passeio com seu tutor. O equipamento na parte de baixo permite encher o recipiente automaticamente com uma caixa acoplada. O esvaziamento do bebedouro pode ser feito manualmente ao girar um registro instalado ao lado do recipiente. Na parte de cima água fresca para os tutores e demais transeuntes.

Especialistas afirmam que a quantidade de água ideal para um cão beber por dia depende do seu peso. A proporção é de 28,35 gramas por quilo de peso corporal. Por exemplo: um cachorro de 7 kg deve ingerir, aproximadamente, 165 ml de água por dia, o que equivale a meia lata de refrigerante. Nos dias quentes, os cachorros bebem mais água, assim como aqueles mais ativos ou depois de um passeio ou sessão de exercícios. Lembram os especialistas que a desidratação pode levar a problemas sérios.

Autor da solicitação, o parlamentar enfatiza que “é recomendado a não passear com cães nas horas mais quentes do dia. Cães podem ter dificuldades em eliminar o calor e passar mal se submetidos à esforços excessivos. O bom é evitar o sol do meio dia, evitando, também, queimaduras na parte debaixo das patinhas. Nossa iniciativa é instalar os bebedouros em áreas de lazer com grande movimentação, como Avenida Presidente Kennedy, dando uma condição do animal se refrescar. Os bebedouros servirão tanto para nós, quando estamos caminhando ou correndo, e para os animais”, completou.     

A causa animal vem sendo defendida na cidade de São Caetano do Sul pelo parlamentar nos últimos anos e dezenas de projetos estão sendo implantados. Os mais recentes foram a instituição da campanha contra a soltura de fogos de artifício com estampido (Lei nº 5.607/18) e a semana de políticas públicas voltadas à defesa, proteção e bem-estar animal (Lei nº 5551/17), entre outros.

De acordo com o estudo anual elaborado pela IPC Marketing Editora, que utiliza como base os dados de fontes oficiais, como o IBGE, a Fundação Getúlio Vargas (FGV) e o Ministério da Fazenda, São Bernardo está entre as 50 cidades do País com maior potencial de consumo para 2018. No Estado, a cidade ocupa a quinta posição. A pesquisa partiu da avaliação sobre o perfil dos consumidores, além de outros indicadores.

O bom resultado atingido por São Bernardo vem ao encontro do plano de equilíbrio instituído pela Administração, na primeira semana de gestão. Diante de um caos financeiro, com R$ 200 milhões de dívidas deixadas pelo governo anterior, a Prefeitura destacou um controle de austeridade, acompanhado de dez itens, como renegociação de contratos, cortes de carros oficiais e celulares corporativos, assim como congelamento de 35% de cargos comissionados. Paralelamente ao plano de contenção, a gestão implantou ações visando o fortalecimento da economia local. Iniciou com o alinhamento com o setor do empresariado e comércio, cujo objetivo foi pela manutenção dos empregos, bem como a geração de novos. Muitas foram as visitas e reuniões lideradas pelo prefeito Orlando Morando as empresas e comércios locais.

 “O poder público precisa ser um agente facilitador, pois assim o município ganha em muitas frentes. Nos últimos anos, São Bernardo sofreu com a debandada de empresas e, consequentemente, aumento no número de desempregados”, destacou o prefeito.

Parte dos bons resultados foram vistos com chegada de empresas como  M.Shimizu, Novemp e NVC Lighting, expansão de empregos na Scania, Grob, além de mais investimentos na Volkswagen. Junto com isso, a melhora no comércio com a chegada de mais unidades de supermercados como a Coop e o Vencedor, por exemplo.

Outra ação – Ainda no primeiro ano de gestão, a Prefeitura instituiu, de maneira inédita na cidade, a Lei de Incentivo Fiscal – que proporciona desconto no IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano), mediante a abertura de novos postos de trabalho.

Outro plano de importância no campo financeiro foi a Nota 1000, programa de cidadania fiscal que incentiva pessoas físicas a solicitar Notas Fiscais de Serviços Eletrônicas (NFS-e) de empresas da cidade.

O programa que sorteia R$ 100 mil a cada bimestre entre os cidadãos que se cadastrarem no site e solicitarem a Nota Fiscal de Serviços em locais como estacionamentos, academias, escolas particulares, lavanderias, faculdades, cursos de idiomas, construtoras, salões de beleza, barbearias, hotéis, oficinas mecânicas, empresas de vigilância e limpeza, entre outros.

“Não vamos deixar de buscar mais mecanismos que valorizem a economia de São Bernardo, reaquecendo o seu potencial. O resultado vai melhorar ainda mais”, acrescentou Morando.

Mais reflexos do estudo – A pesquisa publicada pela IPC apontou também que após um longo período de estagnação, as famílias brasileiras retomam os hábitos de consumo e devem movimentar R$ 4.4 trilhões na economia até o final deste ano, o que significa um aumento real de 3% (variação de R$ 240,7 milhões) em relação a 2017. Com os recursos de volta ao bolso do consumidor, o empreendedorismo desacelera. A abertura de novas empresas passa a manter um padrão de crescimento, sobretudo sadio, compatível com a realidade atual.


Visite-nos no Facebook

Main Menu

Main Menu