18 Jun 2024


São Bernardo lança plataforma em Libras para acesso aos serviços municipais

Publicado em Saúde
Avalie este item
(0 votos)

O prefeito de São Bernardo, Orlando Morando, lançou, na sexta (10), na Pinacoteca Municipal, a nova plataforma digital chamada ‘SBC em Libras’, a primeira central de Libras (Língua Brasileira de Sinais), que oferecerá auxílio direto no atendimento da população surda aos serviços ofertados nos equipamentos de saúde, educação e segurança. São Bernardo possui 37.282 moradores com deficiência auditiva e 8.538 com deficiência auditiva severa.

A plataforma oferece tradução simultânea, em Libras. Por meio do acesso, via celular, tablets ou computador, ao QR Code (link https://icom.app/QjMRO), uma intérprete da central faz a intermediação da conversa entre o servidor e o surdo que estiver sendo atendido. O atendimento poderá ser feito 24 horas, 7 dias na semana (incluindo feriados).

“Sinto-me honrado em iniciar a operação desta ferramenta, política pública efetiva pela inclusão, em respeito à diversidade. A tecnologia tem que ser usada, de fato, para melhorar a vida das pessoas. São Bernardo tinha essa dívida com a população surda e, agora, esse programa se torna realidade. E que a nossa cidade não seja exceção, para que todos possam estar integrados”, destacou Morando.

O investimento será de R$ 284,4 mil. O contrato é válido por um ano e dispõe de 40 horas de intermediação via central de libras, com 20 horas de tradução presencial. A ação é coordenada pela Secretaria de Cidadania e da Pessoa com Deficiência de São Bernardo e ofertada por meio da AME (Associação Amigos Metroviários dos Excepcionais), organização gestora da plataforma denominada Icom, que garante o direito, aos surdos, de acesso aos serviços em São Bernardo. A plataforma já opera em São Paulo, Campinas, São José dos Campos e em estações da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos).

À Folha, o prefeito revelou que o Brasil vive o maior processo de ajuda humanitária da história, por conta dos desastres ocorrido no Rio Grande do Sul, e que “tem certeza” de que se um surdo chegar em uma repartição pública de São Bernardo, com algum problema em seu aparelho celular ou sem bateria, não haverá obstáculos para o atendimento. “Vão sobrar aparelhos de celular para servi-los, começando dos servidores públicos e de outros que estarão esperando. Não consigo acreditar que alguém negue um aparelho para que o surdo faça a sua comunicação”, ressaltou. 

 

 

(Foto: Gabriel Inamine/PMSBC)

Folha Do ABC

A FOLHA DO ABC traz o melhor conteúdo noticioso, sempre colocando o ABC em 1º lugar. É o jornal de maior credibilidade da região
Nossa publicação traz uma cobertura completa de tudo o que acontece na região do ABCDM.

Main Menu

Main Menu