18 May 2024


Cinco ruas unem Santo André a São Bernardo

Publicado em Editorial
Avalie este item
(0 votos)

   Ainda que a maior parte das iniciativas e projetos dos prefeitos do ABC esteja focada nas áreas mais sensíveis à população, como Saúde, Educação e Economia, a área de Mobilidade Urbana, apesar de algumas ações, ainda deixa bastante a desejar, principalmente nos municípios com a maior densidade populacional da região e maior frota de veículos, ou seja, Santo André e São Bernardo.
   Apenas cinco ruas unem Santo André, com 723.889 mil habitantes, e São Bernardo, com quase 849.874 mil habitantes. São elas: Avenida Pereira Barreto, Avenida Príncipe de Gales, Avenida Atlântica/Avenida Winston Churchill, Avenida Lions/Avenida Prestes Maia e Complexo Guarará/Rua dos Vianas.
   A Avenida Pereira Barreto, principal via que liga Santo André a São Bernardo, está saturada, diariamente congestionada a qualquer hora do dia. O pior trecho é nas proximidades do viaduto Viaduto José Fernando Medina, que dá acesso à Av.Lucas Nogueira Garcez. Como muitos motoristas utilizam esse acesso para, posteriormente, entrarem na Via Anchieta, as demais pistas são bloqueadas e sobra aos condutores que passam pela parte que contorna o Shopping Metrópole e o Paço, apenas uma faixa. Não há fiscalização e os abusos por parte dos motoristas ocorrem livremente.
   A cada ano que passa, o problema se agrava e nada é feito para mudar a situação. O Consórcio Intermunicipal que, atualmente, já não conta com a participação de todas as Prefeituras, tem se mostrado ineficaz para a solução dos grandes imbróglios do trânsito que envolve o ABC, que tem seus sete municípios conurbados. Até hoje, nenhuma providência foi tomada por parte da entidade.
Assim, a situação só se agrava, ano após ano, porque, para ampliar as vias, é necessário construir pontes sobre os córregos que separam as duas cidades, mas é necessário empenho e verba dos dois municípios e os prefeitos tucanos de Santo André, Paulo Serra, e São Bernardo, Orlando Morando, já não possuem mais relação próxima, como tinham no início de seus mandatos, e já estão caminhando rumo ao oitavo ano de gestão.    Assim, não há acordo entre os dois prefeitos para liberar verbas e promover alguma mudança efetiva.
   Contudo, seria interessante que os atuais prefeitos tivessem empenho para ampliar as ruas de ligações entre os municípios que administram e ampliar a conexão entre as cidades que, hoje, é feita por apenas cinco vias.
   Desde quando os ex-prefeitos Celso Daniel e Maurício Soares, ambos do PT, administravam as duas cidades esse assunto tem sido abordado neste espaço. A ampliação das ruas de acesso entre os dois municípios sempre foi postergada porque há necessidade de as duas Prefeituras financiarem a obra. Só que isso, até agora, nunca ocorreu.
   Uma das últimas realizações conjuntas entre dois prefeitos locais aconteceu durante o governo de Celso Daniel (Santo André) e Luiz Tortorello (São Caetano). Com boa vontade, os dois decidiram, finalmente, unir esforços para facilitar o escoamento do tráfego de veículos entre a Rua Alegre, em São Caetano, e a Avenida D. Pedro II, em Santo André.
   Será que a boa vontade e empenho entre os atuais ou futuros prefeitos não poderia solucionar esse problemão que piora a cada ano e ainda melhorar, também, o humor diário de milhares de motoristas que precisam chegar a São Bernardo e também até a Via Anchieta, a principal ligação entre o ABC e São Paulo?

Folha Do ABC

A FOLHA DO ABC traz o melhor conteúdo noticioso, sempre colocando o ABC em 1º lugar. É o jornal de maior credibilidade da região
Nossa publicação traz uma cobertura completa de tudo o que acontece na região do ABCDM.

Main Menu

Main Menu