18 May 2024


O erro das previsões do tempo

Publicado em Editorial
Avalie este item
(0 votos)

A previsão de tempestades com rajadas de vento acima de 60 km/h, de sexta (17) a segunda (20), nas regiões sul e leste do Estado de São Paulo, emitida pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) e pela Defesa Civil do Estado, não se concretizou no ABC.
Durante o sábado (18), a região apenas apresentou, em algumas localidades, vento leve e pancada de chuvas isoladas. Em muitas localidades não houve nem chuva. No domingo (19), a previsão também não se efetivou para o ABC. Em alguns pontos houve pancadas isoladas, de nível baixo a moderado, sem rajadas de vento. Já na segunda (20), não houve pancadas de chuva, muito menos rajadas de vento. O céu permaneceu nublado, com aberturas de sol.
Os alertas levaram o governador Tarcísio de Freitas a realizar reunião de emergência, na sexta (17), com os prefeitos. Na oca-ião, foi anunciado que seriam colocados de prontidão 5 mil agentes de Defesa Civil para atuação emergencial em 177 cidades do interior, litoral e Grande São Paulo até domingo (19). Também foi instituído um gabinete de crise para pronta resposta à população em caso de danos severos à infraestrutura ou catástrofes decorrentes de eventos climáticos extremos. “Infelizmente, a previsão do tempo alerta e nos mostra que teremos um final de semana parecido com aquele que aconteceu no último dia 3. Temos previsão de ventos que podem chegar a 100 km/h em algumas localidades”, afirmou o governador.
Assim, os prefeitos do ABC também se anteciparam e tomaram medidas emergências e precipitadas.
Em São Bernardo, a Prefeitura adiou, na quinta (16), a realização do Festival da Arte Preta, que teria show do cantor Péricles, por conta dos avisos de temporal. Além disso, o prefeito Orlando Morando decretou o fechamento, no sábado (18), dos seis parques municipais da cidade.
Em Santo André, o prefeito Paulo Serra, na quinta (16), antecipou o início do Programa Operação Chuvas de Verão (POCV) 2023/2024, por conta do alerta da Defesa Civil do Estado. No sábado (18), ainda chegou a anunciar, por meio da “confirmação” do Centro de Resiliência e Monitoramento Municipal, “condições climáticas adversas extraordinárias, em especial sobre ventos muito fortes”. Assim, Serra também decretou o fechamento de todos os parques da cidade.
Em São Caetano, o prefeito José Auricchio Júnior, anunciou, no sábado (18), que as equipes da Defesa Civil, Saesa, GCM, CGE e Semob já estavam mobilizadas “para as ventanias que se aproximam da região metropolitana”. Auricchio também determinou o fechamento dos parques e clubes municipais. Diadema, Mauá e Ribeirão Pires também anunciaram o fechamento dos parques municipais, durante o sábado (18). Atividades em celebração à Consciência Negra também foram suspensas.
No sábado (18), às 19h26, já vendo que o cenário de temporal e rajadas de ventos superiores a 60km/h não estavam acontecendo, o prefeito Paulo Serra, de Santo André, emitiu o seguinte comunicado: “A previsão de tempestade e ventos fortes não se concretizou para a nossa região. Mesmo assim, continuaremos em alerta”.
Nos boletins emitidos pelo Governo do Estado, no domingo (19) e segunda (20), não constava informação de chuvas na região do ABC, apenas em outras localidades do Estado. Nenhum prefeito do ABC emitiu algum comunicado oficial, que aborde o equívoco das previsões e cancelamentos de eventos previstos para o feriado.
Mais uma vez houve falha e erros, desta vez não parte da Enel, como aconteceu, no dia de novembro, quando mais de 2,5 milhões ficaram sem energia após temporal, mas por parte dos institutos de previsões e do poder público. Quando, afinal, ficaremos realmente preparados com previsões assertivas?

Folha Do ABC

A FOLHA DO ABC traz o melhor conteúdo noticioso, sempre colocando o ABC em 1º lugar. É o jornal de maior credibilidade da região
Nossa publicação traz uma cobertura completa de tudo o que acontece na região do ABCDM.

Main Menu

Main Menu