19 May 2024

Publicado em Editorial
Avalie este item
(0 votos)

   Nesta segunda (1) de maio é comemorado o Dia do Trabalho ou Dia do Trabalhador. A data, celebrada em cerca de 80 países do mundo, é dedicada à conquista de todos os trabalhadores durante a história.
O Dia do Trabalho surgiu decorrente da greve operária que ocorreu em Chicago, nos Estados Unidos, em 1º de maio de 1886. O episódio teve um final trágico para muitos operários que lutavam pela melhoria das condições de trabalho, tais como: a redução de jornada (de 13 horas para 8 horas), o aumento de salários, o descanso semanal e as férias.
   Cerca de 340 mil trabalhadores entraram em greve. Houve confronto com a polícia. Pelo menos doze operários foram assassinados e 50 ficaram gravemente feridos. O confronto ficou conhecido como o Massacre de Haymarket. Os líderes do movimento trabalhista de Chicago foram presos e quatro deles foram condenados à morte. Ficaram conhecidos como Mártires de Chicago.
   A data 1º de Maio, no entanto, só se tornou feriado em 1919, na França, após a jornada de oito horas diárias ter sido ratificada por lei. Em seguida, esse dia transformou-se em feriado também na Rússia, no ano de 1920. Assim, o 1º de maio passaria a ser o símbolo dos trabalhadores em todo o mundo pela melhoria das suas condições de vida e de trabalho.
   No Brasil, o Dia do Trabalho foi instituído no governo de Artur Bernardes, em 1925. Mas, antes disso, em 1917, ocorreu em São Paulo uma greve geral. Os operários e comerciantes da cidade permaneceram em greve durante dias, por conta das condições precárias de trabalho.
   Apesar disso, foi no governo de Getúlio Vargas que o 1º de maio ganhou importância, principalmente por causa do projeto político de aproximação com as classes trabalhadoras durante o Estado Novo. No dia 1º de maio de 1940, Vargas instituiu o salário mínimo no país e, no mesmo dia, em 1941, a data foi utilizada para marcar a criação da Justiça do Trabalho. Em 1º de maio de 1943 foi anunciada a Consolidação das Leis de Trabalho (CLT) no País. Por esse motivo, quando há aumento do salário mínimo, geralmente é realizado nesta data.
   Aumento do salário mínimo. Assim, prometeu o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em fevereiro último, durante entrevista à CNN Brasil, e reforçando em uma postagem no perfil oficial do presidente no Twitter. A partir de segunda (1) de maio, o salário mínimo no Brasil será de R$ 1.320. A política federal de reajustes levará em conta a reposição inflacionária e o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) do país.
   Apesar disso, o que se pode comemorar neste ano? A taxa de desemprego no Brasil subiu para 8,6% no trimestre móvel terminado em fevereiro, segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) Contínua, divulgada no final de março, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O número absoluto de desocupados teve alta de 5,5%, chegando a 9,2 milhões de pessoas. São 483 mil pessoas a mais entre o contingente de desocupados, comparado ao trimestre anterior. Os preços no setor de alimentos também continuam altos para os produtos básicos e, alinhado com a queda do poder aquisitivo das famílias, não traçam um cenário tão positivo assim para os trabalhadores.
   Contudo, o endividamento já atinge 78,9% das famílias brasileiras, segundo a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). Assim, a maioria dos trabalhadores não têm tantos motivos para celebrar o Dia do Trabalho, mas é preciso acreditar que, em breve, possam recuperar parte do poder de consumo e, assim, poder dar uma vida mais digna para suas famílias.

Folha Do ABC

A FOLHA DO ABC traz o melhor conteúdo noticioso, sempre colocando o ABC em 1º lugar. É o jornal de maior credibilidade da região
Nossa publicação traz uma cobertura completa de tudo o que acontece na região do ABCDM.

Mais nesta categoria: O PL das Fake News »

Main Menu

Main Menu