21 Apr 2024

No mundo do design de interiores, o passado revisitado está em voga, e não há lugar melhor para testemunhar essa tendência do que nos hotéis de luxo da Cidade Luz. Com sua rica história e reputação pela excelência no estilo, Paris (França), lidera o renascimento do retrô na decoração hoteleira, oferecendo aos hóspedes uma experiência que combina o glamour do passado com o luxo contemporâneo.

Um exemplo emblemático dessa tendência pode ser encontrado no Hotel Le Scribe. Situado no coração de Paris desde 1863, este estabelecimento passou por uma transformação em 2023, e redefiniu o conceito do século XIX com a tecnologia e olhar do XXI. Ao entrar nos quartos, os hóspedes são imediatamente transportados para uma era passada, onde os telefones de disco reinavam supremos e a elegância clássica permeava cada detalhe.

Os telefones de disco, uma relíquia dos anos 1950, foram habilmente reintegrados à decoração do hotel pela equipe de design da Wilson Associates. Em um esforço para restabelecer a comunicação tangível em uma era dominada pela tecnologia digital, esses artefatos nostálgicos estão conquistando cada vez mais espaço nas revistas especializadas e no cotidiano.

Uma característica marcante da nova onda retrô que está varrendo Paris é o uso ousado de cores vibrantes. No Le Scribe, os quartos são salpicados com toques modernos e lembranças do estilo Haussmanniano do século XIX. Do forro do banheiro, que presta homenagem ao forro da Ópera Garnier pintado por Chagall, às luminárias de vidro de Murano e cadeiras coloridas do Rivages, cada elemento foi cuidadosamente selecionado para evocar uma sensação de eternidade e savoit vivre, sem comprometer o conforto contemporâneo.

À medida que a tendência retrô continua a ganhar força, é evidente que os hotéis de luxo parisienses estão na vanguarda desse movimento, proporcionando aos viajantes uma experiência memorável que celebra o passado enquanto abraça o futuro. Para aqueles que procuram uma escapada que seja ao mesmo tempo nostálgica e contemporânea, Paris é o destino definitivo, onde o glamour do passado encontra o luxo do presente em uma harmonia perfeita.

O governo federal, por meio do Ministério da Saúde, vai destinar R$ 150 milhões a estados e municípios para apoiar o desenvolvimento da Estratégia de Vacinação nas Escolas, da Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e do Monitoramento das Estratégias de Vacinação no Brasil em todo o país no ano de 2024, medidas voltadas a crianças e adolescentes menores de 15 anos.

Do valor total, R$ 15 milhões serão repassados aos estados e R$ 135 milhões aos municípios em parcela única. O intuito é incrementar ainda mais os resultados alcançados: desde 2023, a pasta registrou aumento nas coberturas vacinais de 13 dos 16 principais imunizantes do calendário do Programa Nacional de Imunizações (PNI).

Entre os destaques de crescimento estão as vacinas contra a poliomielite, hepatite A, febre amarela, tríplice viral (sarampo, rubéola e caxumba) e pneumocócica.

VACINAÇÃO ESCOLAR – Uma das metas do governo é incentivar os municípios a realizarem estratégias de vacinação envolvendo escolas. O Ministério da Saúde propôs uma agenda de imunização cujo público alvo são crianças e adolescentes menores de 15 anos.

Em 2023, 3.992 municípios brasileiros declararam ter feito alguma ação envolvendo ações de vacinação nas escolas, como checagem de caderneta ou vacinação em ambiente escolar.

POLIOMIELITE – O investimento do governo também tem como objetivo impulsionar a Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite, que está planejada para o primeiro semestre nos 5.570 municípios brasileiros. A meta é aumentar o número de crianças menores de cinco anos imunizadas, já que a doença está em processo de erradicação e não é diagnosticada no Brasil desde 1989.

Em 2024 será realizada também a substituição dos reforços com a vacina oral poliomielite (VOP) por um reforço com a vacina inativada poliomielite (VIP).

A Prefeitura de Santo André abriu inscrições, até terça (30) de abril, para os empreendimentos do setor gastronômico interessados em participar do “Festival Sabores da Cidade - 471 motivos para experimentar Santo André”. Iniciativa lançada na terça (16).

O objetivo é incrementar o segmento gastronômico, que já recebeu investimentos na ordem de R$ 45 milhões e gerado cerca de mil empregos diretos desde 2017.

O festival acontecerá de 13 de maio a 11 de junho. Neste período, os estabelecimentos participantes deverão oferecer em seu cardápio um combo ou prato especialmente criado para o festival, com preço promocional e nome que faça referência a Santo André, município que completou 471 anos neste mês.

“Dentro desse cenário de geração de emprego e renda, decidimos que é hora de assumir que esta é, sim, uma nova vocação de Santo André, que a cidade já se consolidou como principal polo gastronômico da região metropolitana depois da Capital”, destaca o prefeito Paulo Serra.

Poderão participar bares, restaurantes, lanchonetes e similares, também com possibilidade de delivery. Estabelecimentos interessados podem se inscrever até as 22h do dia 30 de abril por meio do link: https://www3.santoandre.sp.gov.br/turismosantoandre/festival-sabores-da-cidade/ A participação não terá custo para o estabelecimento.

“Essa ação é um resumo daquilo em que acreditamos, no poder das conexões. São sindicatos dos trabalhadores, sindicatos patronais, poder público, pequenos, médios e grandes empreendedores e associações unidas com o objetivo de promover o crescimento. Essas conexões são fundamentais para que a gente possa realizar ações de grande impacto na nossa cidade”, frisa o secretário de Desenvolvimento e Geração de Emprego, Evandro Banzato.

O festival é uma iniciativa da Prefeitura, por meio da Secretaria de Desenvolvimento e Geração de Emprego, e conta com apoio do Sehal (Sindicato das Empresas de Hospedagem e Alimentação), da Acisa (Associação Comercial e Industrial de Santo André) e do Sintragastroh (Sindicato dos Trabalhadores no Comércio e Serviços em Geral de Gastronomia, Alimentos Preparados, Bebidas a Varejo e Meios de Hospedagem de Santo André e Região).

Mais de 60 estabelecimentos da cidade já se inscreveram no festival. Entre eles estão: Açaí da Barra, Bar Figueiras, Bardalino, Bilu Coffee and Cake, Boteco Maria, Botequim Carioca, Caiana Buffet Express, Camargo’s - Bar & Brasa, Casantiga Pizzaria e Restaurante, Jerônimo, Charllu e Baby Beef Jardim.

 

Última modificação em Quarta, 17 Abril 2024 11:06

O consórcio Novo Litoral, liderado pela Companhia Brasileira de Infraestrutura (CBI), superou a espanhola Acciona e venceu o leilão internacional do Governo de São Paulo para concessão rodoviária do Lote Litoral Paulista, na terça (16), na sede da B3. O governador Tarcísio de Freitas bateu o martelo para o desconto de 10,17% proposto pelo grupo sobre a contraprestação pública máxima de R$ 199 milhões por ano a ser paga pelo Estado.

O Lote Litoral Paulista integra o Programa de Parcerias de Investimentos de São Paulo (PPI-SP), portfólio com 20 projetos já qualificados no valor de R$ 220 bilhões. Com o desconto de 10,17%, a contrapartida do Governo de São Paulo à operação, manutenção e investimentos da concessão será de R$ 179,1 milhões, ou seja, uma economia de R$ 19,9 milhões anuais.

A sessão pública na B3 teve a participação de duas concorrentes. Além da CBI, o consórcio Novo Litoral também é formado pela construtora CLD. Já a Acciona, que já é parceira do Governo de São Paulo na Linha 6-Laranja de metrô, propôs deságio de 1% à contraprestação estadual no leilão.

Com o lance vitorioso, a nova concessionária será responsável por 213 km de rodovias que ligam municípios da região do Alto Tietê, na Grande São Paulo, à Baixada Santista e ao Vale do Ribeira. O valor estimado do contrato é de R$ 4,3 bilhões, com prazo de concessão de 30 anos e geração de 24 mil empregos. O contrato deverá ser assinado até o próximo mês de agosto.

A concessão contempla as rodovias SP-055 (Rodovia Padre Manuel da Nóbrega), SP-088 (Mogi-Dutra) e SP-098 (Mogi-Bertioga), que passam pelos municípios de Arujá, Itaquaquecetuba, Mogi das Cruzes, Bertioga, Santos, Praia Grande, Mongaguá, Itanhaém, Peruíbe, Itariri, Pedro de Toledo e Miracatu. A fiscalização da concessão será feita pela Artesp.

“O programa de infraestrutura do Estado de São Paulo é uma realidade, é vivo, está acontecendo e é dinâmico. A gente está vendo o fluxo de ações e as coisas acontecerem” afirmou Tarcísio.

Após a assinatura do contrato, o consórcio Novo Litoral deverá modernizar a infraestrutura rodoviária com mais de 90 km de duplicações, 10 km de faixas de ultrapassagem, 47 km de acostamentos, 73 km de ciclovias, 27 novas passarelas para passagens de pedestres e obras gerais de segurança e drenagem. Também deverá implementar serviços de socorro mecânico, guincho, atendimento médico e monitoramento do tráfego por sistemas de câmeras.

“Quero agradecer ao governador pela chance de fazer esse leilão. Participei da primeira audiência pública deste projeto em 2016, então é muito bom estar aqui de volta e finalmente finalizá-lo. Infraestrutura se faz em conjunto, e a gente tem uma equipe forte”, afirmou o secretário Rafael Benini.

O certame promovido por meio da Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp) também reuniu o vice-governador Felicio Ramuth, o secretário estadual de Parcerias em Investimentos, Rafael Benini, autoridades estaduais, deputados, diretores da B3 e empresários do setor de transportes e logística.

Tarifas

A parceria público-privada (PPP) do Lote Litoral prevê a instalação de 15 pórticos ao longo da extensão total dos 213 km concedidos. O sistema é totalmente eletrônico e mais moderno que o de praças convencionais de pedágio, permitindo que a tarifa seja estabelecida de acordo à distância percorrida entre cada pórtico. As tarifas vão variar entre R$ 1,08 e R$ 6,29 a cada passagem.

A concessão vai empregar o sistema de pagamento automático de tarifas, conhecido como free flow. Nele, os pórticos têm sensores a laser e câmeras com tecnologia de ponta que identificam cada veículo em tempo real, permitindo a cobrança automática por tags veiculares ou pagamento posterior ao sistema da própria concessionária. Sem praças de pedágio, haverá redução do tempo de viagem, mais segurança para os usuários e modicidade tarifária pelo trecho percorrido.

A ACISA (Associação Comercial e Industrial de Santo André), em parceria com o Sebrae, realizará a palestra: “Como inovar na divulgação utilizando o TikTok”.

Popularizada pelas pessoas físicas em 2019, a rede social TikTok também pode proporcionar às empresas uma série de benefícios em relação à divulgação de produtos, serviços e, até, da própria marca. No entanto, é preciso conhecer a sua forma correta de utilização.

O evento será virtual e acontecerá, na terça (23), às 19h. Durante a palestra, o consultor ensinará como abrir uma conta e alguns modelos de anúncios. Os interessados receberão o link de acesso após fazer gratuitamente a inscrição em:  https://bit.ly/Curso-SEBRAE-Abr

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Trabalho (SEDET), o Polo Cosmético de Diadema e o CIESP-Diadema irão reunir, nesta quinta (18), empreendedores da região no Feirão de Crédito, a ser realizado das 9h às 17h, no CIESP (rua Caracas, 73, Centro).

O feirão contará com palestras e rodadas com bancos, cooperativas e agentes de desenvolvimento em um único espaço para desenvolver a melhor estratégia de financiamento para os negócios. Também estará presente o ex-secretário da SEDET, Marcelo Strama, atual Diretor de Fomento do Ministério do Empreendedorismo, da Microempresa e da Empresa de Pequeno Porte, além de representantes da FIESP, CIESP e SENAI-SP.

Empresas de todos os portes, de MEIs a grandes conglomerados, terão oportunidade de apresentar demandas para diversos agentes financeiros que estarão presentes para orientar, simular e encaminhar necessidades de crédito.

Inscrições pelo link: https://apps.fiesp.com.br/sce2/InscricaoEvento/InscricaoWebinar/Inscricao/8749?lang=pt

Confira programação

9h: Café de Boas-Vindas e Networking

9h30: Abertura do Feirão de Crédito

9h45: Palestra Panorama de Mercado para 2024 e Linhas de Crédito do Governo Federal para Investimentos como apoio aos Negócios

Palestrante: Marcelo Strama, Diretor de Fomento do Ministério do Empreendedorismo, da Microempresa e da Empresa de Pequeno Porte – MEMP

10h10: Palestra Programa NR 12 – Diagnóstico, Certificação e Financiamento

Palestrante: FIESP e SENAI-SP

10h30 às 16h30: Início dos Atendimento do Feirão de Crédito

São 10 agentes financeiros que realizarão atendimento com horário agendado as empresas visando mostrar as principais soluções e alternativas para ampliar o acesso nas crédito, investimento e antecipação de recebíveis.

16h30: Encerramento dos Atendimentos

Última modificação em Quarta, 17 Abril 2024 11:40

Pagina 4 de 1910

Main Menu

Main Menu