20 Apr 2024

Em comemoração ao Dia Mundial da Criatividade, entre os dias 19 a 21 de abril, São Paulo terá diversas atividades gratuitas espalhadas pela cidade, com o objetivo de impulsionar o ecossistema de criatividade e inovação das cidades com base em pilares como aprendizagem, empreendedorismo e colaboração, sempre dentro da moldura do desenvolvimento sustentável.

Uma homenagem ao cartunista brasileiro Ziraldo, que faleceu no último dia 6 de abril, aos 91 anos, fará parte das comemorações. No sábado (20) e no domingo (21), a Roda Rico, a maior roda-gigante da América Latina, localizada no Parque Cândido Portinari, ao lado do parque Villa-Lobos, exibirá um show de luzes coloridas com projeções da imagem do inesquecível personagem ‘Menino Maluquinho’.

Outras duas rodas-gigantes também vão se juntar à comemoração ao Dia Mundial da Criatividade iluminando suas estruturas, fazendo, assim, a honraria ao cartunista. São a FG Big Wheel, de Balneário Camboriú, localizada na Estrada da Rainha, 1009 – Pioneiros (SC), e a roda-gigante de Canelas, conhecida como Roda Canela, situada na Avenida das Hortênsias, no Rio Grande do Sul (RS), que liga Canela a Gramado.

 

Dia Mundial da Criatividade (World Creativity Day) 2024

O Dia Mundial da Criatividade mobiliza a cidade de São Paulo com diversas atividades gratuitas. Entre elas, iniciativas como oficinas de teatro e dança, exposições, painéis, palestras, rodas de conversa e exibição de documentários, que acontecem nos bairros: Butantã, Campo Limpo, Ipiranga, Pinheiros, Santana, Santo Amaro e Vila Mariana. Em 2024, o festival acontecerá simultaneamente em 55 municípios brasileiros, e a expectativa é de 50 mil participantes no país todo. Idealizada no Brasil por Lucas Foster, em 2014, a data faz parte do calendário oficial da Organização das Nações Unidas (ONU) desde abril de 2017.

O movimento é organizado pela empresa de educação e comunicação World Creativity Day e oferece inúmeras experiências para empreendedores, estudantes e pessoas de todos os campos, com destaque para a área de economia criativa.   

O evento tem como realizador a Organização Mundial da Criatividade, parceria de mídia da Globo, Kallas Mídia e LinkedIn Brasil, além do apoio institucional da Prefeitura de São Paulo e Governo do Estado de São Paulo, e tem o suporte de outras importantes entidades e pessoas da comunidade.

O cronograma de atividades já está disponível e as inscrições podem ser feitas por meio do site oficial do evento.

Foto: Divulgação 

 

O SLS San Diego acontece neste sábado (20). Esta é a ultima etapa regular do SLS Championship Tour antes dos Jogos Olímpicos de Paris. Grandes nomes do skate brasileiro como o andreense Giovanni Vianna, Rayssa Leal, Felipe Gustavo, Gabriela Mazetto, Filipe Mota, Carlos Ribeiro e Lucas Rabelo participarão do campeonato, que acontece na Viejas Arena.

O hexacampeão mundial da SLS e favorito à medalha olímpica, Nyjah Huston, será uma das grandes atrações. No feminino, além da medalhista de prata das Olimpíadas de Tóquio e duas vezes campeã mundial da SLS, Rayssa Leal, outro destaque será a prodígio do skate Chloe Covell, de 14 anos.

Outra grande atração será a japonesa Momiji Nishiya, ouro nas Olimpíadas de Tóquio, segue como favorita ao pódio da etapa.

Programação: *Horário da Califórnia (GMT-7)

Sábado, 20 de abril:

17:30 - 18:45: Final feminina

19:00 - 20:15: Final masculina

 

Transmissão no Brasil: Canal oficial da SLS no Rumble.

 

Foto: SLS 

Última modificação em Sábado, 20 Abril 2024 20:10

O Coro da Osesp fará apresentações em três espaços da capital paulista em abril, regido por seu Maestro Preparador, William Coelho, na primeira etapa de 2024 da série gratuita Coro na Capital. Este projeto de itinerância, que já se tornou tradicional na agenda deste corpo artístico da Fundação Osesp, tem por objetivo mostrar um pouco do que é produzido e apresentado na Sala São Paulo a novos públicos, em espaços espalhados pela cidade.

O programa dos três recitais a capella percorre o repertório coral mundial com obras de nomes como os brasileiros Heitor Villa-Lobos (Choros nº 3 — Pica-pau), Aylton Escobar (Sabiá, coração de uma viola) e Ronaldo Miranda (Suíte nordestina), o italiano Antonio Lotti (Crucifixus a oito vozes), o argentino Astor Piazzolla (Fuga y misterio) e os norte-americanos contemporâneos Morten Lauridsen (O magnum mysterium) e Eric Whitacre (Sleep), entre outros.

Esta primeira etapa do Coro na Capital em 2024, ano em que o Coro da Osesp completa três décadas de atividades, tem início com uma performance na Fábrica de Cultura Itaim Paulista, na região leste de São Paulo, quinta (25), às 15h30. Na sexta (26), também às 15h30, o corpo artístico se apresenta na Fábrica de Cultura Sapopemba. E finaliza esta parte do projeto com um recital na Fábrica de Cultura Cidade Tiradentes, também na região leste de São Paulo, sábado (27), no mesmo horário. Todas as apresentações são gratuitas e a distribuição de ingressos ocorre sempre 1h (uma hora) antes do início na bilheteria de cada Fábrica de Cultura, limitada às suas capacidades máximas.

Última modificação em Sábado, 20 Abril 2024 14:55

 Com cerca de 90 milhões de empreendedores, o Brasil tem registrado bons índices no mercado das pequenas e médias empresas (PMEs). Somente em janeiro deste ano, as PMEs faturaram 13,9% a mais do que no mesmo mês do ano passado, segundo o Índice Omie de Desempenho Econômico das PMEs (IODE-PMEs). No acumulado do setor em 2023, houve crescimento de 7% no setor.

Segundo análise do economista e gerente de Indicadores e Estudos Econômicos da Omie, Felipe Baraldi, o cenário positivo para as pequenas e médias empresas deve se repetir ao longo do ano, impulsionado pela melhora das condições financeiras das famílias, menores pressões inflacionárias e efeitos mais claros do ciclo de redução da taxa básica de juros (Taxa Selic) na economia.

 Quando se analisa os números das pequenas e médias empresas digitais, nos três primeiros meses do ano, o resultado é ainda melhor. No primeiro trimestre do ano, as PMEs online movimentaram R$ 945 milhões. Houve um crescimento de 23% em comparação ao mesmo período de 2023, quando foi registrado movimentação de R$ 703 milhões.

 Os dados são do levantamento da Nuvemshop, plataforma para criação de lojas online. O estudo mostra que foram vendidos 15 milhões de produtos nos três primeiros meses do ano, alta de 16% em relação ao ano passado. Os seguimentos que mais venderam foram Moda, que movimentou R$ 303,5 milhões, Saúde e Beleza (R$ 83 milhões) e Acessórios (R$ 62 milhões).

 Na avaliação de especialistas da Nuvemshop, os bons resultados foram incentivados por datas como Carnaval, Semana do Consumidor e Páscoa. “Aliar boa estratégia de negócio com divulgações em redes sociais e formas de fidelizar os clientes foi a receita de sucesso dos empreende-dores”, afirma a gerente sênior de Sucesso do Cliente da Nuvemshop, Marcela Orlandi. Somente no Carnaval deste ano, as PMEs movimentaram cerca de R$ 1,4 milhão com vendas online. As fantasias tiveram um crescimento de 339% nas vendas e um faturamento estimado de mais de R$ 440 mil.

 No ABC, o número de empresas abertas até março deste ano chega à 5.836 mil. O número teve pouca variação em comparação a março de 2023, quando foram aber-tas 5.979 empresas e março de 2022, com 5.972 novas empresas.

O projeto "Rua da Gente - Circuito entre Parques" vai começar no domingo (28), das 8h às 16h, mas já está deixando a cidade mais alegre, bonita e saudável, porque vai interligar os dois parques da região central (Paço e Pousada dos Jesuítas). Para isso, um trecho da avenida Antônio Piranga será interditada para trânsito de veículos e liberada para uso da população com atividades de lazer, esporte e cultura. O público que já frequenta o Parque do Paço e o Parque Pousada dos Jesuítas gostou e aprovou a iniciativa da Prefeitura.

As jovens esportistas, Isabelly do Nascimento e Déllis Cristina, só conhecem o Parque do Paço, mas agora ficaram curiosas e querem conhecer o outro parque também. Além de basquete, as estudantes gostam de caminhar. "Muito legal, porque esse trecho passa a ter mais segurança e frequentadores" disseram. "Como minha mãe costuma correr no final de semana, vou contar pra ela e tenho certeza de que ela vai gostar muito dessas novidades todas", contou Déllis.

Morador do Jardim Canhema, Victor Henrique faz caminhadas diárias com Dojhow, seu cão da raça American Pitbull Terrier. Para ele, que reside em apartamento, caminhar é sinônimo de saúde, por isso frequenta sempre os dois parques centrais da cidade. Victor disse que fica feliz com a ampliação das opções de lazer no final de semana. "Essa obra é um presente muito legal porque torna a cidade mais bonita e atrativa, contribuindo para que a população pratique mais atividades físicas ao ar livre e tenha mais saúde".

O aposentado Robert Peter de Almeida conta que conhece o Parque Pousada dos Jesuítas desde criança e que seu avô era um dos emancipadores do município. Caminhada é sua atividade física favorita quase todos os dias. Ele disse que já costuma passar nesse trecho que a Prefeitura está revitalizando, mas que vai ficar mais gostoso e interessante para quem deseja se exercitar andando.

Robert parabenizou a Prefeitura pelo projeto porque vai incentivar as pessoas a se movimentarem mais e adoecerem menos, melhora a relação entre as pessoas e oferece mais locais agradáveis para lazer. "Como esse projeto vai atrair mais pessoas para os dois parques, a Prefeitura vai precisar ampliar a Academia ao Ar Livre e se possível colocar professores pra gente usar certinho e com segurança sem risco pra saúde", pediu.

Munícipe há 30 anos, Antônio Souza da Silva costuma caminhar e se exercitar no Parque Pousada dos Jesuítas. "Nossa cidade é carente de área de lazer, por isso é importante divulgar bastante esse novo projeto e os parques, também para os novos moradores". Antônio também elogiou a iniciativa de interditar a avenida para os carros, tornando a área mais segura para todas as pessoas.

O Circuito entre Parques agradou corredores de rua como Humberto da Silva, que está nos treinos preparativos para correr uma Meia Maratona.

Natural da cidade, Humberto tem 56 anos e reside no Parque Real. "Costumo fazer meu treino mais intenso nas ladeiras do Parque Pousada dos Jesuítas. Gostaria até de agradecer à Prefeitura pela revitalização e reabertura do parque e priorizar a conexão de lazer e saúde".

O corredor também parabenizou a cidade pelas recentes corridas de rua. "Mas gostaria de pedir mais eventos assim porque a gente corre fora, mas o prazer é muito maior quando corremos na nossa própria cidade", reivindicou.

Rua da Gente - Circuito entre Parques

Com a interligação entre o Parque do Paço e o Parque Pousada dos Jesuítas, a população poderá usufruir para atividades de lazer, esporte e cultura, um trecho interditado de 980 metros que corresponde a pista sul (centro-bairro) da avenida Antônio Piranga. O trânsito de veículos será desviado para a avenida Fábio Eduardo Ramos Esquivel, inclusive as duas linhas de ônibus. Já o cruzamento da avenida Prestes Maia será desviado para a rua Amélia Eugênia.

O circuito vai ser animado com muitas atividades como lazer sobre rodas, ações culturais e esportivas, pista de caminhada, entre outras.

O público também vai ganhar trecho de calçada nova que totaliza 450 metros, desde o Parque do Paço, passando sob o viaduto 8 de Dezembro (Imigrantes) até a avenida Fabio Eduardo Ramos Esquivel, próximo à alça da Imigrantes sentido São Paulo.

Além disso, a Prefeitura também sinalizou com pintura na cor verde, uma faixa de mais 920 metros pela calçada sul da avenida Fábio Eduardo Ramos Esquivel, rua Orense até avenida Antônio Piranga, ligando o Terminal Diadema ao Circuito dos Parques.

Entre as atividades que serão oferecidas à população, a Secretaria Municipal de Segurança Alimentar vai participar com ações de Educação Alimentar e Oficinas de Horta em Casa. A pasta ainda informa que as ações de Educação Alimentar serão realizadas quinzenalmente no Parque Pousada dos Jesuítas, e a oficina de Horta em Casa será realizada mensalmente no Parque do Paço.

Última modificação em Sábado, 20 Abril 2024 14:37

O Núcleo de Inovação Social e o Fundo Social de Solidariedade da Prefeitura de Santo André comemoraram, na sexta (19), em evento no Salão Burle Marx, o aniversário de 7 anos da reabertura do Banco Municipal de Alimentos.

Com a presença de representantes das entidades cadastradas, a celebração teve ainda uma surpresa: o lançamento do livro Receitas Solidárias, um guia com receitas enviadas pelas próprias entidades, que remetem a lembranças afetivas e que são aplicadas no dia a dia delas, que tem como slogan ‘nada é tão nosso quanto nossas memórias’.

O prefeito Paulo Serra enalteceu a importância do Banco de Alimentos, que atualmente conta com 124 entidades assistenciais cadastradas e auxilia aproximadamente 55 mil pessoas em situação de vulnerabilidade da cidade.

 “A gente vê esse salão cheio assim pelo que o Banco de Alimentos representa e também pelo sentimento que essas pessoas têm por aquilo que a entidade colaborou para que esse trabalho que elas já fazem possa ser feito de forma ainda melhor, ajudando a transformar a vida de tanta gente, em especial na questão da segurança alimentar. E a gente espera que se torne uma política permanente na nossa cidade, porque no passado foi interrompido e há sete anos acabou resgatado”, destacou.

A primeira-dama Ana Carolina Serra, responsável pela reativação do Banco Municipal de Alimentos em 2017, falou com emoção sobre mais este aniversário da reativação deste importante programa. “Sem alimentação e dignidade a gente não consegue sair de casa, não consegue produzir, trabalhar. Pensando na questão da segurança alimentar é que o Banco Municipal de Alimentos completa sete anos.”

Desde a reabertura, o Banco Municipal de Alimentos já distribuiu mais de 4 mil toneladas de alimentos, o que corresponde a 339 mil cestas básicas.

 “Em 2016, ouvi que o Banco de Alimentos, quando existia, doava apenas quando era possível. Que encaminhava itens comprados de pequenos produtores rurais que sequer eram da cidade, mas que tinham de fazer escoamento de produtos, os quais às vezes não tinham qualidade nutricional necessária. Encontramos um Banco de Alimentos que era deficitário para a Prefeitura e precisava ser reorganizado. Pouco a pouco conseguimos estruturar, iniciamos com eventos e ações de arrecadação, reunindo o terceiro setor, a iniciativa privada, a sociedade civil e a administração pública. E o resultado está nesses números”, afirmou Ana Carolina Serra.

Presidente do Núcleo de Inovação Social e do Fundo Social de Solidariedade, Ana Claudia de Fabris ressaltou a atuação do Banco Municipal de Alimentos. “São sete anos de muitas batalhas, de desafios sem precedentes, não podemos esquecer que enfrentamos uma pandemia, passamos por muitos dias difíceis e tristes, mas também vivemos dias felizes e de grandes conquistas, porque demos as mãos, nos unimos e pensamos no objetivo principal, que era melhorar a vida das pessoas. Só posso agradecer a todos aqui pelo compromisso com a solidariedade e com as pessoas”, destacou.

“As instituições sempre lutam para entregar bom trabalho e serviço para quem a gente atende. Essa parceria com o Banco de Alimentos proporcionou muitos momentos marcantes. Então eu gostaria de agradecer em nome de todas as instituições ao Banco de Alimentos por essa parceria”, agradeceu Flávia Tavares, representante da Creche São Jerônimo, no Jardim Santo André, que atende 156 bebês e crianças de até 3 anos e 11 meses.

Livro – Com receitas enviadas pelas próprias entidades assistenciais de Santo André, o guia está disponível de maneira virtual – o acesso é por meio do link https://acesse.santoandre.br/receitassolidarias. São comidas que fazem parte do dia a dia das cozinhas das instituições, feitas a partir daquilo que recebem do Banco Municipal de Alimentos.

As receitas foram descritas de forma detalhada e contam com ingredientes que as tornam mais saudáveis e visando o aproveitamento integral dos alimentos – as entidades assistenciais contam com orientação nutricional promovida pela equipe do Banco de Alimentos.

"A ideia que a gente teve em fazer esse livro de receitas de memórias é fazer com que as entidades se sintam parte do Banco de Alimentos, porque o Banco de Alimentos é formado por todos: apoiadores, parceiros, equipes, entidades", afirmou Ana Claudia.

A missão do Banco de Alimentos é assegurar uma nutrição saudável a todos os beneficiários, além de reduzir perdas e desperdícios de alimentos e produtos de necessidades básicas não comercializados, mas ainda próprios para o consumo.

Também estão em pauta a redução da desigualdade social e a sustentabilidade ambiental e econômica. Até por isso, durante o evento desta sexta-feira foram apresentados os números dos programas Moeda Verde, Moeda Pet e Saúde no Prato.


Pagina 1 de 1909

Main Menu

Main Menu