23 Nov 2020


Com pandemia, aumenta procura por flores em supermercado

Publicado em Vitrine
Avalie este item
(0 votos)

Desde o início da pandemia por conta do coronavírus, o movimento das vendas de flores na Coop - Cooperativa de Consumo, entre 1º de março e 16 de agosto, apresentou crescimento 10% superior ao mesmo período de 2019, com pico de 16% na primeira quinzena do mês passado.

Gecivaldo Araújo, supervisor da Benassi, empresa responsável pelo abastecimento das espécies nas lojas da Coop e também pelo setor de hortifrútis, acredita que os clientes, muitos deles ainda em quarentena ou em trabalho remoto, estejam com mais tempo para se dedicar ao cultivo ou apostando nas flores para alegrar o ambiente doméstico.

“É o que eles têm comentado nas lojas”, explica, acrescentando que as espécies mais visadas ao longo do período foram ervas aromáticas e as coloridas violetas e calandivas. Independentemente do propósito, o mix de flores e plantas, que movimenta cerca de 200 tipos ao longo do ano, de acordo com a sazonalidade, atende as mais diversas preferências dos clientes. O setor oferece roseira, minicactos, orquídeas phalaenopsis, suculentas, tulipas, antúrios, kalanchoe e várias outras espécies.

A Coop trabalha com flores e plantas ornamentais há 17 anos e todo o sortimento disponibilizado na rede de supermercados vem diretamente da Veiling Holambra, a maior cooperativa de flores da América Latina, localizada na cidade de Holambra, interior de São Paulo.

Folha Do ABC

A FOLHA DO ABC traz o melhor conteúdo noticioso, sempre colocando o ABC em 1º lugar. É o jornal de maior credibilidade da região
Nossa publicação traz uma cobertura completa de tudo o que acontece na região do ABCDM.

Visite-nos no Facebook

Main Menu

Main Menu