09 Jul 2020


Estado não atende pedido do Consórcio e ABC permanece sem reabertura da economia

Publicado em Política
Avalie este item
(0 votos)

O governador do Estado, João Doria, no Palácio dos Bandeirantes, acaba de anunciar, durante coletiva de imprensa, junto ao vice-governador, Rodrigo Garcia; ao prefeito de São Paulo, Bruno Covas; aos secretários estaduais, de Saúde, José Henrique Germann; Desenvolvimento Econômico, Patricia Ellen; de Desenvolvimento Regional, Marcos Vinholi; de Infraestrutura e Meio Ambiente, Marcos Penido; do secretário-executivo do Centro de Contingência do combate ao coronavírus, João Gabbardo dos Reis e do coordenador da UTI do Instituto do Coração (Incor) e do coordenador do Centro de Contingência do Coronavírus em São Paulo, Carlos Carvalho, nesta quarta (3) de junho, nova medida no combate à pandemia.

O Estado irá suspender a cobrança dos serviços essenciais de água, luz e energia elétrica, aos inadimplentes de baixa renda, sejam de estabelecimentos comerciais ou residenciais, até o dia 31 de julho. Serão beneficiados mais de 2 milhões de usuários.

Na ocasião, Doria ressaltou que o Estado não ‘liberou geral’ a reabertura dos comércios: “a retomada da economia será serena, gradual e sequencial” e enfatizou: “não cederemos às pressões, nem de prefeitos, nem de empresários ou de outros setores. Não será adotada nenhuma pressão. A pressão não mudará destino e a conduta para a tomada de decisões em São Paulo”.

O governador ainda completou: “os prefeitos não vão transformar a reabertura em celebração, em uma festa da reabertura”.

ABC- Apesar das tentativas dos prefeitos do ABC, por meio do Consórcio Intermunicipal, o governador não acatou às investidas com objetivo de iniciar a reabertura do comércio na região. E, diferentemente, do que outros veículos de comunicação do ABC divulgaram, o governador não cedeu às pressões dos prefeitos locais. A região segue na fase 1 (vermelha), onde apenas estabelecimentos de serviços essenciais podem funcionar normalmente. Não foi liberada a reabertura aos demais comércios, até uma próxima análise, que acontecerá, na próxima terça (9). Caso haja mudança, ela poderá ser anunciada, pelo governador, na quarta (10) de junho.

BOLETIM- O secretário estadual de Saúde, José Henrique Germann, atualizou o número de casos no Estado:

-  123.483 casos confirmados

-  8.276 óbitos

-  4.527 internações em UTI

- 7.732 internações em enfermaria

Germann revelou que a taxa de ocupação das UTIs no Estado é 72,3% e na Grande São Paulo de 84,7%.

Última modificação em Quarta, 03 Junho 2020 13:32
Folha Do ABC

A FOLHA DO ABC traz o melhor conteúdo noticioso, sempre colocando o ABC em 1º lugar. É o jornal de maior credibilidade da região
Nossa publicação traz uma cobertura completa de tudo o que acontece na região do ABCDM.

Destaques

Visite-nos no Facebook

Main Menu

Main Menu