04 Jul 2020


Votação da Reforma da Previdência termina em confusão na Alesp

Publicado em Política
Avalie este item
(0 votos)

Os deputados da Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) aprovaram, na terça (18), em 1° turno, com 57 votos favoráveis, a reforma da Previdência para os servidores estaduais, apresentado pelo governo do Estado. Com a medida, o governo espera uma economia aos cofres públicos de R$ 32 bilhões em 10 anos.

A segunda votação da Reforma da Previdência na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) aconteceria, na quarta (19), porém, durante a sessão houve briga e tentativa de agressão entre os deputados. Tudo começou quando o deputado Teonilio Barba (PT) tentou dar um soco em Arthur do Val (Patriota). Em outro momento, Frederico D'Ávila (PSL) fez um gesto contra os servidores que acompanhavam a sessão e outros deputados foram para cima dele. Durante a confusão, a deputada Márcia Lia (PT) tentou pegar o celular da mão de Douglas Garcia (PSL). Ainda durante o pronunciamento de Janaína Paschoal (PSL), os manifestantes, em protesto, ficaram de costas para o plenário. A segunda votação foi adiada para terça (3) de março.

Folha Do ABC

A FOLHA DO ABC traz o melhor conteúdo noticioso, sempre colocando o ABC em 1º lugar. É o jornal de maior credibilidade da região
Nossa publicação traz uma cobertura completa de tudo o que acontece na região do ABCDM.

Visite-nos no Facebook

Main Menu

Main Menu