26 Oct 2021


Basf abriga 30 hectares de Mata Atlântica em São Bernardo

Publicado em Negócios
Avalie este item
(0 votos)

Uma floresta dentro de um complexo químico industrial. A Reserva Suvinil, localizada no Complexo Industrial de Tintas e Vernizes da BASF, em São Bernardo, abriga 30 hectares de Mata Atlântica, o que corresponde a 30 campos de futebol. Parte da área da fábrica, a Reserva possui ao menos 176 espécies de plantas, sendo 135 árvores e 41 ervas, trepadeiras e samambaias, além de 85 espécies de aves, oito de mamíferos e, ao menos, cinco de serpentes, três de lagartos, anfíbios e peixes, de acordo com estudo de biodiversidade feito pela Fundação Espaço ECO, a pedido da Suvinil. O espaço conta com cinco nascentes, que formam pequenos córregos e alguns se juntam formando o Ribeirão Soldado. Todos os córregos são afluentes da represa Billings.

A área está conectada a um grande maciço florestal, a Floresta Atlântica da Serra do Mar, e faz parte da Reserva da Biosfera do Cinturão Verde de São Paulo, reconhecida internacionalmente pela Unesco. A Reserva Suvinil é fruto da prática de sustentabilidade da Basf, com seu “Jeito E”, na qual produção e meio ambiente andam juntos. De acordo com Tiago Egydio, coordenador de Sustentabilidade da Fundação Espaço ECO e responsável pelo estudo, a Reserva contribui para a preservação da Mata Atlântica e da biodiversidade brasileira, demonstrando, na prática, como indústria e meio ambiente podem coexistir. “A estimativa do carbono removido da atmosfera pela floresta é de 5.160,31 toneladas de CO2, o equivalente a um caminhão de 14 toneladas movido a diesel, dando 104 voltas ao redor da Terra”, calcula Egydio. A Basf, por meio do programa Mata Viva, iniciativa promovida em parceria com a Fundação Espaço ECO, já plantou mais de 1,25 milhão de mudas nativas da Mata Atlântica, reflorestando cerca de 730 hectares de terras, incluindo a Floresta Mata Viva localizada dentro do Complexo Químico de Guaratinguetá.  

Bromélias- Uma das espécies presentes na Reserva Suvinil é a Bromélia. As bromélias representam vida em meio ao chão, no alto de árvores ou entre pedras. À convite da Suvinil, a artista Daisy Barros reproduziu em apenas 200 telas, as bromélias existentes na Reserva Suvinil.

Biodiversidade, futuro e sociedade - A BASF, em parceria com a Suvinil e a Fundação Espaço ECO, promoverá, na segunda (27) das 10h30 às 11h30, webinar aberto ao público para discutir a preservação da biodiversidade e o futuro da sociedade. O evento marca o lançamento de um estudo no remanescente de mata atlântica de 30 hectares do seu Complexo de Tintas e Vernizes em São Bernardo. O encontro será on-line, com participação de diversos executivos da BASF. Além da apresentação do estudo, haverá também um momento de debate sobre como a biodiversidade e o capital natural se conectam para a manutenção da vida humana, com convidados externos, como Suzano e Fundação Grupo Boticário. Os interessados em participar podem se inscrever pe-lo link: acontece.onono.com.br/live-suvinil-27-09  

 

Folha Do ABC

A FOLHA DO ABC traz o melhor conteúdo noticioso, sempre colocando o ABC em 1º lugar. É o jornal de maior credibilidade da região
Nossa publicação traz uma cobertura completa de tudo o que acontece na região do ABCDM.

Main Menu

Main Menu