03 Aug 2021


SP tem curso de orientação empreendedora para imigrantes

Publicado em Cidades
Avalie este item
(0 votos)
A Prefeitura de São Paulo iniciou nesta segunda (21), o calendário da Semana do Imigrante com a live sobre Políticas Públicas da Prefeitura de São Paulo para Imigrante e Refugiados. Durante o bate papo, o secretário adjunto de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo, Armando Junior, anunciou a abertura de uma turma especial do Fábrica de Negócios. O programa, executado pela Ade Sampa, tem como objetivo ajudar as pessoas a tirar uma ideia do papel e transformá-las em um negócio de sucesso. As inscrições podem ser feitas pelo link: https://www.bit.ly/fabrica_imigrantes

"A Prefeitura de São Paulo conta com diversas ações que são importantes para o público imigrante se sentir acolhido e ter uma qualidade de vida na capital, como as vagas de emprego oferecidas pelo Cate. No local, os refugiados podem se candidatar a uma das centenas de oportunidades oferecidas diariamente e conquistar o seu primeiro emprego no Brasil", declara o secretário adjunto de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo, Armando Junior. "Já quem quer ser dono do seu próprio negócio, pode utilizar os serviços da Ade Sampa, que oferece dicas e orientações sobre formalização, além de cursos e capacitações sobre empreendedorismo", complementa.

O Fábrica de Negócios é ideal para as pessoas que têm um negócio em fase inicial, ou uma ideia a ser estruturada e testada. Dessa forma, será possível avaliar a viabilidade econômica e o diferencial competitivo, para que essa ideia se transforme em um negócio rentável. Por isso, foram elaborados módulos de qualificação técnica realizados em duas fases. A primeira tem como objetivo estimular os participantes a trocarem informações sobre suas ideias de negócios, identificarem oportunidades a partir de suas realidades, experiências, aprendizagens compartilhadas e suas redes de contatos. Também possibilita identificar seu público alvo, explorando suas ideias com mais clareza, se conectarem consigo mesmos e com o seu território a fim de saberem os próximos passos para construírem soluções inovadoras para os seus empreendimentos.

A segunda fase tem como objetivo fortalecer as ideias e modelos de negócio. Neste momento, os participantes irão conhecer e adquirir ferramentas fundamentais para validar ou invalidar sua ideia. O objetivo principal é levar os participantes a desenvolverem seus MVPs - Mínimo Produto Viável e realizarem sua primeira venda, estimulados por meio de uma metodologia dinâmica.

Durante a live a secretária de Direitos Humanos e Cidadania, Claudia Carletto, destacou os trabalhos oferecidos pela Pasta. "Nossa principal política na cidade de São Paulo para os imigrantes é o CRAI - Centro de Referência e Atendimento para Imigrantes, onde a gente consegue fazer a acolhida do imigrante, o ajudando na questão documental, que é uma das nossas maiores demandas, e oferecer uma orientação e apoio psicológico e social", declarou.

Mabiala Nkombo, analista de negócios da Ade Sampa, contou um pouco da sua história e de como as políticas da Prefeitura o ajudaram no Brasil. "As ações da Prefeitura foram fundamentais na minha chegada no Brasil. Quando tive a oportunidade de trabalhar no Cate eu fiquei muito feliz, além de poder contribuir com o atendimento de pessoas imigrantes, eu continuei me conectando com pessoas que têm algo em comum comigo", relata.

Semana do Imigrante

Durante uma semana, o público poderá debater sobre temas como a geração de renda para imigrantes, formalização de negócios, políticas públicas para este público, além de convidados que contarão um pouco de suas histórias de imigração. A ação é uma iniciativa da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo e as lives serão transmitidas em https://www.facebook.com/spsmdet

A programação se encerra nos dias 26 e 27 de junho, sábado e domingo, com a Odara - Feira de Artesanato Imigrante, que será realizada no Centro de Culturas Negras do Jabaquara - Mãe Sylvia de Oxalá, zona sul da capital. Durante o evento, 20 artesãos habilitados pelo programa Mãos e Mentes Paulistanas, exporão seus produtos. O evento será realizado seguindo todos os protocolos de segurança estabelecidos pelos órgãos de saúde.

O Mãos e Mentes é um programa da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo, que tem como objetivo a melhoria da atividade econômica e social de empreendedores artesanais e manuais paulistanos. A iniciativa promove uma série de atividades para fortalecer o ecossistema de artesãos e manualistas, além de estimular a inclusão produtiva, acesso a mercado e o desenvolvimento econômico local.

A equipe técnica da Ade Sampa, agência vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo, também participará do evento, atendendo os munícipes imigrantes com orientações sobre abertura de empresa, emissão de documentos e apresentando as linhas de crédito oferecidas em parceria com o Banco do Povo, do Governo do Estado.

Os visitantes também contarão com orientação sobre mercado de trabalho e qualificação profissional com os técnicos do Cate - Centro de Apoio ao Trabalho e Empreendedorismo que estarão no local. Quem precisar tirar dúvidas sobre currículos e processos seletivos também terão a oportunidade de conversar com as equipes de atendimento.

Serviço:
Fábrica de Negócios On-line - Turmas de Julho
Data: início em 05 de julho
Horário: 19h
Inscrições: https://www.bit.ly/fabricade_negocios


22/06

GT Migra - Ações Integradas para Imigrantes e Refugiados

Horário: 18h

Participantes: Sílvia Cibele, coordenadora Técnica de Desenvolvimento Econômico da Prefeitura de São Paulo; Vinícius Duque, coordenador de Políticas para Imigrantes e Promoção de Trabalho Decente da Secretaria de Direitos Humanos e Cidadania; Flávia de Jesus Costa, responsável pelo Programa Fashion Sampa; Lucila Medeiros Minichello de Souza, responsável do Programa Mãos e Mentes Paulistanas e Eliel Souza Guimarães, responsável pelo Cooperativismo.



24/06

Desafios e oportunidades de trabalho e moradia para estrangeiros no Brasil

Horário: 18h

Participantes: Cleia Maria Ferreira Lima, assessora técnica da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo; Prudence Kalambay, atriz, modelo, palestrante, empreendedora, ativista dos direitos humanos e YouTuber; Edzodzinam Aimee, imigrante formada em economia na Universidade de lome - África e Maycon C. Namibi, professor e modelo, chefe executivo na Moda sem Preconceito e dono da Namib Pro Models.

25/06

Regularização Migratória: Direitos e Deveres

Horário: 18h

Participantes: Cleia Maria Ferreira Lima, assessora técnica da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo; Dra. Aline Araújo, advogada especialista em regularização migratória; Iralys Eugênia Escalona dos Santos, professora de espanhol, há oito anos no Brasil, trabalha na ONG Migraflix; e Benazari Djoco, representante da ONG África do Coração e mestranda em Comunicação Social.

 

26 e 27/06

Odara - Feira de Artesanato Imigrante

Data: 26 e 27/06 - sábado e domingo

Horário: das 11h às 17h

Endereço: Rua Arsênio Tavolieri, 45 - Jabaquara.

Local: Centro de Culturas Negras do Jabaquara - Mãe Sylvia de Oxalá
Folha Do ABC

A FOLHA DO ABC traz o melhor conteúdo noticioso, sempre colocando o ABC em 1º lugar. É o jornal de maior credibilidade da região
Nossa publicação traz uma cobertura completa de tudo o que acontece na região do ABCDM.

Destaques

Visite-nos no Facebook

Main Menu

Main Menu