21 Jan 2020


São Caetano apresenta Plano Diretor para Bairro Fundação

Publicado em Cidades
Avalie este item
(0 votos)

São Caetano apresenta o ReFundação 2020-2025, Plano Diretor Estratégico para um novo Bairro Fundação nos próximos seis anos. É o maior conjunto de ações da história do bairro, que inclui intervenções estruturantes em quatro eixos: Combate às Enchentes, Sustentabilidade e Meio Ambiente, Operação Urbana no Espaço Matarazzo e destinação da área localizada na esquina das ruas Heloísa Pamplona e Conde Francisco Matarazzo. O Investimento total previsto é de R$ 147,6 milhões.

 

A Prefeitura vai recriar, revitalizar e reformular o Fundação. E, especialmente, enfrentar o problema histórico das enchentes. Em quase duas horas de apresentação, o prefeito José Auricchio Júnior resgatou a história da região, explicou cada detalhe do plano (incluindo prazos, investimentos e fonte de recursos de cada obra) e esclareceu as dúvidas dos moradores.

 

O chefe do Executivo lembrou que há registros de cheias na região desde o Século XVI. No Fundação está localizado o vértice do Rio Tamanduateí (com águas que vêm de Mauá e Santo André) com o Ribeirão dos Meninos (que, antes de chegar a São Caetano, recebe águas provenientes das cabeceiras de rios que passam por Diadema, São Bernardo e São Paulo). O grande volume de águas (especialmente com as chuvas de verão) e a geografia do bairro (que em alguns pontos está abaixo da margem do Tamanduateí), resultam nas enchentes.

 

“Não tenho idade e biografia para vir aqui, olhar nos olhos de cada um de vocês, e dizer que o bairro não será mais atingido por enchentes. Quem fala isso está mentindo. Este é um problema secular, mas com técnica, seriedade e verdade, estamos enfrentando. Afirmo sim, que, com muito trabalho, daremos vida nova ao Fundação. Aqui foi onde São Caetano do Sul começou, e não é aqui que irá acabar”, afirmou Auricchio ao apresentar ações macro de combate às cheias.

 

O chefe do Executivo ressaltou nutrir afeto especial pelo Fundação. “Meu pais viveram aqui, casaram aqui. Meus avós moravam na esquina das ruas 28 de Julho e Rio Branco, onde passei muito Natal na casa deles. Tenho respeito e carinho enorme pelo Fundação. Portanto, não estou preocupado com quem vai entregar as obras, se eu ou outro prefeito. Quero que todos nós e as futuras gerações tenham um bairro melhor. Sem mesquinhez de quem fez ou não. Este é um legado para a cidade.”

 

No evento, Auricchio assinou o protocolo de intenções para a criação da Comissão de Controle e Participação Social (Governo, Sociedade e Legislativo) do Programa ReFundação 2020-2025 e entregou o projeto de lei das respectivas operações de crédito nacional e internacional ao presidente da Câmara, Pio Mielo.

 

“Amo São Caetano e amo o meu bairro. Não troco aqui por nada. Temos problemas, principalmente com relação às enchentes, mas confio que este plano apresentado pelo prefeito irá melhorar a vida de todos nós”, elogiou a professora aposentada Alzira Bragueto, de 78 anos.

 

Na ocasião, o deputado estadual Thiago Auricchio destacou a apresentação do projeto da nova Avenida do Estado, junto ao governador João Doria.

 

Confira detalhes de cada eixo do ReFundação

 

Combate às Enchentes: Ações Estruturantes

- Macrodrenagem das águas da chuva em até 7 km - Reforma e ampliação de todas as vias e galerias para aumentar a drenagem e vazão das águas pluviais.
Previsão de investimento: R$ 25,2 milhões
Prazo de execução da obra: 15 meses
Fonte de recurso CAF (Banco de Desenvolvimento da América Latina)

 

- Alteamento Viário – Elevação da Avenida do Estado para diminuir o desnível que há entre São Caetano e São Paulo (que em alguns pontos chega a 2 metros de altura).
Previsão de investimento: R$ 20 milhões
Prazo de execução da obra: 36 meses
Fonte dos recursos: CAF

 

- Piscinões – Construção de dois reservatórios com capacidade de captação de até 165 mil m³.
Previsão de investimento: R$ 36,3 milhões
Prazo de execução das obras: 24 meses
Fonte de recurso: CAF

 

- Muro de contenção de 4 km – Em toda a extensão da margem da Avenida do Estado.
Previsão de investimento: R$ 20 milhões
Prazo de execução da obra: 18 meses
Fonte de recurso: CAF

 

Sustentabilidade e Meio Ambiente

- Arborização de todo o bairro – plantio de até 3 mil árvores
Previsão de investimento: R$ 800 mil
Prazo de execução: 24 meses
Fonte de recursos: CAF

 

- Novo Parque Ecológico Fundação - na área de 18 mil m² do Espaço Matarazzo que pertence à Prefeitura
Previsão de investimento: R$ 11,4 milhões
Previsão de entrega: 2020
Fonte de recurso: Finisa / Caixa Econômica Federal

 

Operação Urbana Espaço Matarazzo - Desenvolvimento Econômico

Modelo de Operação Urbana para o um bairro planejado, em padrão semelhante ao feito no Espaço Cerâmica. Fomento ao mercado imobiliário na maior parte do Espaço Matarazzo (200 mil m²). O protocolo de intenções do decreto de utilidade pública foi assinado por Auricchio no evento. Plano prevê a descontaminação e o oferecimento de benefícios fiscais e tributários às empresas que se instalarem no local, que ganhará usina de energia fotovoltaica e parque tecnológico. Destinação da área localizada na esquina das ruas Heloísa Pamplona e Conde Francisco Matarazzo

 

Destinação da área localizada na esquina das ruas Heloísa Pamplona e Conde Francisco Matarazzo

A Prefeitura realizará consulta pública para a destinação da área do antigo Condomínio Di Thiene, cuja laje desabou na noite de 8 de junho – a demolição completa já foi realizada. Entre as opções estão a construção de um posto do Atende Fácil, uma escola de Ensino Fundamental, um centro administrativo da Prefeitura ou um Campus da USCS.

 

Avanços e conquistas do Bairro Fundação

- Obras entregues, em andamento ou já projetadas:
Revitalização do Centro de Especialidades Médicas – R$ 447 mil
Novo Centro Odontológico – R$3,1 milhões
Novo CISE (Centro Integrado de Saúde e Educação) da Terceira Idade – R$ 1,2 milhão
Revitalização da EMEF Senador Fláquer, que completará 100 anos em 2020 – R$ 1 milhão
Nova Escola de Educação Infantil na Rua Graça Aranha – R$ 1,7 milhão
Novo Viaduto Independência – R$ 22 milhões
Reforma e revitalização da passagem de nível da Estação da CPTM (recursos privados)
Recapeamento Asfáltico da Avenida do Estado – R$ 2,1 milhões
Substituição da Iluminação Pública por LED – R$ 2 milhões
Reforma e ampliação do Caism (Centro de Atenção Integral à Saúde da Mulher) – R$ 344 mil
Reforma e ampliação da EMEI João Barile – R$ 335 mil

Última modificação em Terça, 10 Dezembro 2019 09:49
Folha Do ABC

A FOLHA DO ABC traz o melhor conteúdo noticioso, sempre colocando o ABC em 1º lugar. É o jornal de maior credibilidade da região
Nossa publicação traz uma cobertura completa de tudo o que acontece na região do ABCDM.

Visite-nos no Facebook

Main Menu

Main Menu